Blog Mundo das Bolas
Bola redonda

Por que a bola é redonda?

Entenda os motivos da redondinha ter o formato que tem e relembre a polêmica da Jabulani, a bola mais redonda de todas as Copas

Essa é uma pergunta que todo mundo, em algum momento, já se fez: por que a bola é redonda? Todos já estão acostumados com o formato, mas, talvez, não tenham parado para pensar sobre os motivos. Não são esferas perfeitas, já que os gomos que se encaixam e compõem as bolas são necessários para dar estabilidade. Mas a forma é, sim, redonda por vários motivos. Então, vamos explicar e você, a cada vez que for “bater uma bolinha”, irá agradecer por ela ter o formato que tem!

E se a bola fosse quadrada?

Em esportes como futebol, vôlei e basquete, que são muito dinâmicos, ela é chutada, arremessada e tocada o tempo todo. Os jogadores só conseguem fazer isso, porque ela é esférica. Qualquer outra forma prejudicaria o desempenho dos atletas, sem contar que poderia até machucar. Como seria possível dar aquele chute lindo de voleio em uma bola quadrada? Não seria!

A bola precisa rolar

A principal função da bola é deslizar pelo campo ou pela quadra. Ela só rola, porque é redonda. O formato redondo é o único que faz com que a bola possa rolar em qualquer sentido. Além disso, essa é a forma perfeita para a maioria dos esportes – há alguns em que a bola é oval, por exemplo, como no futebol americano.

É por ser redonda, não possuindo nenhum lado, que a bola consegue flutuar suavemente, quicar, entre outros movimentos. Sem contar que influencia também na hora de prever os movimentos da bola. O controle do chute, do passe, do arremesso ou do saque requer técnicas, que tornam os esportes ainda mais interessantes.

A famosa Jabulani

Na Copa do Mundo de 2010, uma polêmica foi levantada, envolvendo a bola oficial do mundial, a Jabulani. Vários jogadores criticaram a bola, afirmando que a trajetória dela era imprevisível. A Jabulani incomodou muitos goleiros na Copa da África. Porém, a explicação dos especialistas para a tal imprevisibilidade foi a de que a bola seria a mais redonda de todas, até então. Isso porque tinha menos fendas, devido ao encaixe de suas oito faces. O peso leve e os sulcos de baixa profundidade causavam, então, esse efeito que deu muito o que falar.

Então, está decidido: se a bola não fosse redonda, não teria nem boleiro nesse mundo. E aí, já jogou uma pelada com uma bola bem mais ou menos e sofreu para fazer um lance bonito? Conta para a gente aqui nos comentários!

Leia mais: Tipos de bola: conheça as diferenças

 

Equipe Mundo das Bolas

Adicionar comentário